Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vilipêndio

Ronaldo? Não sei.

 

 

Cristiano Ronaldo é um jogador de futebol. É isso. Não há muito mais a dizer. Como informação extra, podemos ainda dizer que é um dos melhores nessa arte e que se tornou, sem sombra de dúvidas, o atleta mais conhecido a nível mundial. 

Estou a defendê-lo das acusações que ele agora sofre? Não sei, não me ataquem já! Não faço a menor ideia. Tenho coisas muito mais interessantes para pensar. Se me vierem falar de um golo do Cristiano Ronaldo, de bicicleta ou triciclo, eu até posso alinhar porque é por isso que eu falo dele. De sexos anais e afins, tenho preferido outras fontes ao longo do tempo.

Não sei de onde vem esta maníaca curiosidade por tudo o que é privado e mediático na vida pessoal seja de quem for. Há canais televisivos a alimentarem-se disso, de não-notícias e de esquartejamentos à privacidade. Seja o Ronaldo ou a Josefa do quarto-esquerdo, não faço tenções de saber mais do que me é devido. Não há nada nestes assuntos que se possa retirar como conclusão, não há uma lição para a nossa evolução como espécie. É só uma muito triste bisbilhotice.

Começo a achar que os tribunais deviam deixar de existir. São retrógrados, ocupam muito espaço, e já que estamos numa de modernices, vamos acabar com isso de ter juízes, advogados e privacidade e vamos começar a julgar todas as pessoas nas redes sociais, nas caixas de comentários de sites noticiosos, em painéis informativos variados, em discussões com especialistas de todo o género. Vamos dar esse passo em frente como sociedade. 

 

Parece que é obrigatório ter uma opinião acerca da vida pessoal de um futebolista. Ora se vislumbram soldados da defesa do menino herói que nunca poderia ter feito nada de errado, tudo uma cabala claro, ora entram em cena os defensores da verdade e da defesa dos direitos da mulher, do sexo, do sexo anal, do piriquito e da piriquita.

Ora, eu não queria ser chocante, mas eu estou-me a marimbar para isso tudo. 

1 comentário

Comentar post