Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vilipêndio

O sequestro continua

 

4534534543.jpg

 

Até quando se vai fingir neste país que o que se passa com as greves de comboios (e do metro, por arrasto) é tudo normal? Até quando se vai brincar com as vidas e o dinheiro de milhares de pessoas? Até quando a imprensa vai ocupar-se a falar perifericamente da situação? Até quando todo este circo? Passam dez anos desde que esta situação se vive e se isto não é uma vergonha nacional não sei o que pode ser. Parece uma brincadeira de muito mau gosto, que se repete até ao ponto em que já não mora lá piada nenhuma.

Quem del comboios precisa para ir para o trabalho e vê a sua vida, de uma forma ridiculamente frequente, virada do avesso depois de pagar e confiar num serviço não é gente que muito interesse. É uma pequena ralé que só tem de levar com isso e calar, a greve é um direito e tal. Os outros vão de carro e vão muito bem.

Passam os anos, os governos, os comboios, ninguém resolve nada, ninguém decide nada, e o sequestro em que amarram os seus clientes (e não só, deixam a cidade num caos que só pode afectar a grande maioria das pessoas) continua. Este é o melhor quadro do país que parece que é tudo e, na realidade, é muito pouco.