Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vilipêndio

Soltos

Há pessoas que nos são sentido e direcção

e que por elas vivemos.

 

Mas 

Tudo num instante

nos passa

e nos acontece

 

Tudo é mar

e o ar

 

um vento

sem tempo

nem momento

 

Tenho guardadas todas as certezas 

deste mundo e da suas redondezas,

 

quero sair de mim,

e achar-me na inocência 

de ter consciência

 

O meu consciente não me conhece,

Anda para trás e para a frente

num rodopio de não ser nada

sobe e desce

esta montanha de ignorância 

que cresce

e me espanta