Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vilipêndio

Lisboa

20160305_173022.jpg

Livraria Ler Devagar, LX Factory, Lisboa

 

Cresce uma nova Lisboa à nossa frente.

Senhora de si mesma, moderna, estrangeira, esta nova Lisboa sabe o que quer e quem quer.

A calçada, velha e indesejada, teima em não sair do sítio, do sítio que é seu e que já não é só seu. A ela juntou-se novas formas de andar, novos passos rumo a uma modernidade desconhecida.

Este paraíso banhado a Tejo absorve tudo, sabe ser novo sem perder a magia do antigo.

Nascem vidas onde antes a vida não podia sonhar existir, e a nova cidade que nos percorre não sabe ser antiquada, aborrecida ou intransformável.

Que esta Lisboa possa ser de todos sem que deixe de ser só nossa.

 

Lisboa é o nosso mundo, é a nossa porta de abrir para aquele outro mundo lá fora.

 

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D