Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vilipêndio

ICONOCLASTA

iconoclast_32.jpg

Dizem-nos, fazem-nos, criam-nos, moldam-nos.

Traçam-nos um caminho, escrevem-nos um destino,

E seguindo, nós, por entre estas leis escritas e regras ditas,

por entre sistemas montados e todos os sonhos roubados,

Só nos resta realizarmo-nos com uma luz distinta.

Escapar ao destino escolhido e definido,

Pintar a nossa cor só com a nossa cor.

 

Como não ser esta maré que corre contrária às marés restantes?

Como conseguir ser um entre todos, sem cara nem querer?

 

Sujem-se as mãos, e todos os outros apêndices do nosso corpo,

Abram alas às alas das vossas vontades.

Sintam-se completos, de uma vez por todas.

Existir, apenas, não é um verbo, 

É um desperdício demente de uma mente.

 

 

 

 

 

  Ilustração Christophe Marques 2015 @ behance.net/christophem

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D