Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vilipêndio

A república das bananas

cvccc.jpg

Depois do massacre em Paris, do alvoroço por toda esta Europa meia perdida, do anúncio não-oficial que a Guerra voltou ao Velho Continente, das reuniões extraordinárias e extra-extraordinárias de todos os manda-chuva, soubémos que as bananas da Madeira são mais saborosas que as do Continente. E este Continente nem é a Europa no seu todo e muito menos é o do Belmiro. O Continente é Portugal, porque quando se tem as vistas curtas um estreito de 500 e poucos quilómetros é um continente.

Quando o mais alto representante do nosso país exerce com todo este preceito o seu cargo, resta-nos aguardar pelo desfecho. E ir rezando, muito.

Portugal é pequenino porque gosta de o ser, enquanto finge que não é aquilo que toda a gente vê que é.